21/07/2019 às 20h25min - Atualizada em 21/07/2019 às 20h25min

Problemas Globais, Soluções Locais

Qual nosso papel na problemática ambiental?

Prof Dr Urandi Jr

Google Images

Há cerca de 10 anos tenho pesquisa, publicado e ministrado aulas na área Ambiental e tem uma coisa que se tornou uma constante invariável : a dimensão global dos problemas.

Desde a década de 70, o mundo tem debatido de maneira mais sistemica as problemáticas relacionadas a nosso planeta e sua "saúde" com significativos avanços, porém, quanto mais se cresce mais de onera os recursos naturais. India, China, Brasil e vários outros países experimentaram nas últimas décadas crescimento vertiginoso tanto populacional quanto de aquisição de bens e serviços (o que pesa efetivamente nos recursos naturais) e ações globais tem se tornada cada vez menos efetivas nesse aspecto tendo em vista a diversidade cultural, economica, política e ambiental existente nesse cenário.

Enrique Leff, um dos maiores estudiosos do assunto aponta que “a crise ambiental é a crise do nosso tempo. O risco ecológico questiona o conhecimento do mundo”, e completa que uma das alternativas "é a construção de um novo paradigma, embasado em uma consciência coletiva de mudança de atitudes e ações efetivas" . Leonardo Boff, outra referência mundial na temática salienta que "é preciso convocar os seres humanos a seguirem sua natureza de cooperação e solidariedade para realizarem uma mudança em direção ao que ele chama de paradigma do cuidado e da responsabilidade coletiva. 

A métrica padrão em todo esse contexto é que as ações precisam acontecer de maneira mais efetiva, porém, como citado, tem sido cada vez mais complexo alinhar globalmente estratégias condizentes. Porém, surge desse cenário uma forma de ação : O coletivo local

Os problemas são globais mas podemos começar (e devemos) em nossa casa, rua, bairro, comunidade....enfim, não parece que o tempo irá nos trazer soluções rápidas e que atendem ao mundo todo! Isso, cientificamente é impossivel, tendo em vista que os problemas variam de continente para continente e até de cidades para cidades, logo cada cidadão conta, cada ação organizada é bem-vinda rumo a novos conceitos de desenvolvimento e crescimento, sem onerar os recursos naturais.

Passou da hora de ações mais efetivas serem executadas, mais participação de todos. Reclamar de leis ambientais e louvar países europeus não resolve problemas , hora de colocar a mão na massa e iniciar a mudança por nós mesmos!

até a proxima!


 

Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp